Skip to main content
Primeira empresa brasileira com expertise de atuação na Construção Civil credenciada como RCP do PMI®

2ª Semana do Conhecimento da Iben Engenharia

Entre os dias 25 a 30 de maio, a Iben Engenharia realizou sua 2ª Semana do Conhecimento, iniciando com apresentações de projetos internos realizados pela equipe da IBEN ENGENHARIA, focados no ano da “Postura de Dono”.

Durante o evento foi proposto um novo desafio à toda equipe: BIG DOME, uma dinâmica para a construção de um enorme Domo Geodésico 3V, utilizando materiais como papel e fita. O encerramento contou ainda com a participação das crianças do MANAEM, colorindo cartazes e ajudando a decorar a estrutura.

Confira algumas fotos:

« 1 de 2 »

O que é Wood Frame?

O Wood frame é um sistema construtivo, que usa como matéria prima a madeira. Existem dois modos de execução da construção em Wood Frame, o sistema mais antigo construído manualmente, o qual necessita de mão de obra especializada e experiente em carpintaria. E outro modo que é um sistema industrializado. Neste artigo iremos dar ênfase no sistema industrializado, pois é dele que o futuro precisa.

No Brasil se utiliza madeira reflorestada como matéria prima. O Sistema é composto por painéis pré-moldados de madeira, os quais possuem a seguinte estrutura: Estrutura de madeira, Isolante térmico e acústico, Placa OSB, Membrana Hidrófuga, Placa de gesso (do lado interno), placa cimentícia (do lado externo), e por fim o acabamento.

É considerado um sistema construtivo leve, e por isso não há a necessidade da execução fundações robustas, na maioria dos casos uma fundação rasa tipo radier já é o suficiente.

 

Quanto as instalações hidráulicas e elétricas, toda a infraestrura é colocada entre os vazios dos montantes da parede e do teto, com exceção dos tubos de queda de esgoto e águas pluviais, por terem grande diâmetro, há a necessidade de se criar shats, assim como no sistema de alvenaria.

Em relação a cobertura, não há restrições quanto ao uso de telhas a serem utilizadas. Dependendo do tipo da cobertura que será adotado, ela poderá ser feita em painéis, também pode se usar treliças de madeira pré-fabricas, montadas na obra. Podem ser utilizados telhados com lajes impermeabilizadas com cobertura verde (mais cara), telhados aparentes comuns, ou algo inovador como o telhado Single, que no exterior já vem sendo utilizado a algum tempo.


VANTAGENS E DESVANTAGENS

Vantagens:

  • Prazo de Execução: O Wood frame Industrializado comparado com a sistema convencional de alvenaria, garante uma construção muito mais rápida, pois quase todas as partes do sistema é executado em fábrica e é apenas içado e montado in loco.
  • Qualidade: Maior controle de qualidade no caso do sistema industrializado, desde a fase de projeto, fabricação e montagem.
  • Ecletismo: O Wood frame é um sistema que pode ser usado em qualquer tipo de imóvel, em qualquer região do Brasil de Norte a Sul.
  • Sustentável: O Wood frame é um sistema totalmente construído com madeira reflorestada, no Brasil é comum utilizarmos como matéria prima a madeira Pinus. A árvore Pinus é cortada em medias aos seus 15 anos de idade, idade a qual a sua capacidade de captura do carbono atingiu o auge e após essa idade começa a diminuir essa capacidade. Ou seja, além de ser utilizado madeira reflorestada, a sua utilização diminui a emissão de gás carbônico.
  • Conforto: O Wood frame é uma excelente opção para quem quer conforto térmico e também acústico, como o sistema é composto por vazios entre os montantes dos painéis, tanto das paredes como dos pisos, esses vazios são preenchidos com isolantes, como lã de rocha, lã de vidro, lã de pet, entre outros.
  • Obra Limpa:  O Wood frame é tratado com construção a seco, evitando desperdícios e baixa geração de resíduos, diferentes dos demais sistemas construtivos mais empregados no Brasil.
  • Manutenção: A manutenção tem suas vantagens e desvantagens, a sua vantagem é por ser de fácil procedimento, como por exemplo o conserto de um vazamento de cano de água, que se resume em recortar a placa no local do vazamento, fazer o reparo do cano e fixá-la novamente, no caso da alvenaria haveria a necessidade de quebradeiras o que resultaria em bastante sujeira.
  • Resistencia: O Wood frame é tão resistente quanto o sistema convencional de alvenaria, o sistema é composto por placas resistentes de OSB fixadas em montantes (caibros de pinus), e sobre essas placas existem ainda a placa cimentícia (do lado externo) e a placa de drywall (do lado interno). Não é tão fácil assim quebra-lo, a não ser que se utilize uma marreta, mas nesse caso a de alvenaria também quebraria.
  • Vida útil: A vida útil do sistema se assemelha ao sistema de alvenaria.

Desvantagens:

  • Manutenção: A desvantagem da manutenção, é a de deixar vazamentos constantes sem conserto, pois isso acarreta na deterioração da estrutura de madeira, com o surgimento de fungos, e estragos às chapas de revestimento, como as chapas de drywall. Quanto a deterioração da madeira, fique tranquilo, essa situação ocorre quando não há o tratamento da madeira, caso a madeira receba o tratamento de autoclave, a vida útil da mesma pode chegar a 15 anos em contato direto com a água. O tratamento também previne a ação de cupins.
  • Mão de obra: Há a necessidade de mão de obra especializada e qualificada, isso não é bem uma desvantagem, mas como o número de desempregos no pais ainda é grande, torna a ser.

 

A IMPORTÂNCIA DA ACEITAÇÃO DO WOOD FRAME NO BRASIL 

O desenvolvimento da tecnologia cria a necessidade de mudanças para todos setores envolvidos com ela, e na construção civil é a mesma situação. Há uma enorme demanda habitacional em especial para a população de baixa renda, assim essa mudança é ainda mais fundamental.

Inúmeras alternativas e tentativas para diminuir o déficit habitacional nacional foram feitas, estas que vem desde os primórdios da nação, apesar do atual momento de dificuldade financeira do pais grandes investimentos são feitos em programas habitacionais ao longo dos anos e tendem a ser mantidos.

Assim é fundamental a implantação de sistemas de baixos custo e alta produção com qualidade semelhante ou superior aos sistemas de construção presentes.

Surge então novos sistemas, deste destaco o wood frame, que apresenta ótima valoração quanto aos seus requisitos sustentáveis, ambientais e custo de produção. Este que já vem sendo utilizado em todo o mundo.

O sistema apresenta vantagens inumeradas, permite variedade de isolantes, podendo ser utilizado para áreas quentes e frias, assim trabalhando-se de norte a sul, variedade de layout, custo benefício, baixo custo de produção em especial se for tratado em alta escala.

CONCLUSÃO

Conclui-se que o sistema construtivo se comprova viável em especial para construção em escala, pontualmente para edificação com interesse popular, porém seu grande empecilho para desenvolvimento é o paradigma implantado nacionalmente de que paredes sem ser de alvenaria não são confiáveis. Apesar de se comprovar financeiramente e politicamente viável este sistema está barrado no paradigma popular em especial para regiões diferentes do sul do país, pois neste já há uma prévia cultura de trabalho com estes materiais devido a sua colonização europeia e o emprego nestas localidades.

Weber Lima |  Arquitetura na Iben Engenharia

Três datas importantes celebradas com aqueles que são sem dúvidas o nosso futuro e bem mais precioso: As crianças!

Esse ano as comemorações do aniversário da Iben Engenharia, fundação do PMIº e a Semana das Crianças, foi comemorada com uma visita mais do que especial de dezenas de crianças atendidas pelo Manaem ao nosso escritório, além do desenvolvimento de diversas atividades como: Leitura de Histórias, Desenho, Jogos e é claro… dinâmicas com noções sobre Gerenciamento de Projetos.

A visita foi marcada pelo passeio com um trenzinho temático pela cidade de Indaiatuba, distribuição de jogos educacionais e a total atenção de toda a equipe Iben, resultando em sorrisos e momentos que não serão esquecidos facilmente.

IBEN inicia projeto de alfabetização no canteiro de obras do Residencial Alto Rio Preto

Tiveram início na última semana, aulas de alfabetização para os funcionários do canteiro de obras do Residencial Alto Rio Preto em São José do Rio Preto/SP.

Em parceria com o projeto A.L.M.A. (Alfabetização libertadora com monitoria para adultos) e ministradas pela Professora Heliana Christina Soave, as aulas serão realizadas aos sábados e já contam com 12 inscritos.

 

Kanban, controle e racionalização de suprimentos nos canteiros de obras.

Metodologia de gestão visual e controle de materiais precisa e simples, permite o controle visual da posição de estoque de qualquer item e a qualquer momento.

Indaiatuba, SP – 21 de julho de 2017, Racionalizar o ressuprimento do estoque e facilitar seu controle de maneira rápida e à vista, evitando a falta de materiais para a execução de atividades, estoques excessivos e desnecessários e diminuir o risco eventual de pedidos emergenciais que podem prejudicar o resultado financeiro da obra, são os principais objetivos da adoção do Kanban nos canteiros de obras da Iben Engenharia.

Segundo o eng. Evaldo Rosa, responsável pelo empreendimento Alto Rio Preto Residencial em São José do Rio Preto/SP, “Canteiros de obra exigem uma grande diversidade de materiais e em nossa gestão com a metodologia Kanban, foram escolhidos alguns itens estratégicos com fundamental importância na execução dos serviços e demandas flutuante de uso, demandas estas que tem sua variação de acordo com a etapa e andamento físico da obra. ”

Classificação dos itens baseados em sua demanda flutuante:

  • Pregos, Arames e Espaçadores de Armação
    Alta demanda durante a execução da Estrutura
  • Argamassa de assentamento e Tela Galvanizada
    Alta demanda durante execução da Alvenaria
  • Argamassa de Múltiplo Uso, Argamassa para Contrapiso
    Alta demanda durante a execução do Revestimento Interno

O quadro utilizado pela IBEN, foi elaborado para reunir o controle do estoque e o controle de armazenamento dos materiais, informando a maneira adequada de acondicionamento e estoque de cada material utilizado pela obra, mediante a definição da quantidade considerada “lote de armazenamento” e “lote mínimo de estoque” para cada item, o que pode variar de acordo com a demanda, forma de armazenamento e prazo de reposição (compra e entrega).

A identificação dos itens é feita através do armazenamento em baias ou prateleiras e com o uso de fichas/cartões com a cor correspondente a este lote sendo:

  • Ficha / Cartão verde – Indica lote de estoque com folga
  • Ficha / Cartão amarelo – Indica lote de estoque de atenção (necessário fazer requisição para ressuprimento)
  • Ficha / Cartão vermelho – Indica lote de estoque mínimo para uso.

Quando o lote do material é solicitado e liberado, o cartão/ficha que fica em seu local de armazenamento é retirado e inserido no quadro no seu respectivo campo, indicando a situação do lote, garantindo a gestão à vista. O material pode ter vários “lotes verdes” e mais de 1 lote amarelo, de acordo com o prazo de ressuprimento e de validade de cada material, porém, o “lote vermelho” deve ter seu uso evitado pela gestão.

É necessária atenção do controlador dos materiais para o prazo de validade dos produtos, ou seja, sempre liberar o material que é entregue primeiro para evitar perdas por vencimento de acordo com o método PEPS (Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai), contribuindo assim para a economia média de 4% no gerenciamento de uma obra.

Mais de 1.740kg de resíduos coletados por Ecoponto em canteiro de obras

Mais de 1.740kg de resíduos já foram coletados e 137 itens como Brinquedos, Livros e Roupas arrecadados no Ecoponto instalado junto ao canteiro de obras do Alto Rio Preto Residencial em São José do Rio Preto/SP, uma das obras gerenciadas e executadas pela Iben Engenharia, que procura sempre respeitar os interesses sociais e ambientais das pessoas e locais impactados por nossos projetos.

WhatsApp Image 2017-07-07 at 4.40.18 PMAcreditamos que os projetos que conduzimos têm a capacidade de transformar positivamente a vida das empresas, das pessoas e da sociedade como um todo. Geramos um valor que é compartilhado com todos os nossos públicos de interesse, motivando a escolha pela nossa marca e gerando a fidelização de cada um deles. Essa crença está alinhada a um propósito maior que nos move: contribuir para um mundo melhor.

Saiba mais sobre responsabilidade socioambiental e sustentabilidade na IBEN ENGENHARIA: http://www.ibenengenharia.com.br/a-empresa/responsabilidade/

Iben Engenharia apoia participação do 1º skatista profissional de Indaiatuba na maior competição mundial de street skate da América Latina

O skatista Antonio Carlos Herrerias Margossian Junior, o Juneka, participa na próxima semana do seu primeiro campeonato já profissionalizado. O atleta se profissionalizou no início desde ano e vai disputar o Campeonato Oi STU Open, que é a maior competição mundial de street skate da América Latina. A disputa acontece entre os dias 25 e 30 de abril e reunirá 224 competidores nas categorias open masculino e open feminino, que disputarão uma premiação de R$ 4 mil. As disputas de street skate acontecerão na Praça do Ó, na Barra da Tijuca.

Juneka conta que essa é uma competição inédita no Brasil e vale vaga no Mundial. “Este é um campeonato muito importante, com a maior premiação da América Latina. Recebi um convite para participar por ter me profissionalizado, e é um campeonato importante, vale a pena ir. Inclusive, para eu conseguir participar, a Associação dos Skatistas de Indaiatuba (Askin) comprou minha passagem e vou antes, para treinar em um espaço novo e produzir o vídeo sobre a viagem”, conta.

juneka_blogJuneka explica que ele vai entrar para a disputa já na terceira fase. “Vai ter uma eliminatória antes, que é para os skatistas amadores. Os que avançarem vão disputar com os profissionais. Serão cinco fases e estas eliminatórias acontecem nas primeiras fases, então já estou classificado para a terceira fase por ser profissional”, afirma. “A expectativa é ficar entre os dez primeiros colocados, mas tudo pode acontecer. A própria pista combina com o meu skate, é bem street, mas skate não é algo que você vai pensando que tem que ganhar, vamos mais para participar. Estarão nesta competição os cinco melhores atletas do Street League, que é mundial, mas nada impede de eles errarem e eu acertar e acabar ganhando”.

A competição é homologada pela International Skateboarding Federation (ISF), World Cup Skateboarding (WCS), pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e pela Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj), e é válida como etapa do Circuito Mundial da WCS e para o ranking brasileiro de street skate profissional. Esta é uma oportunidade para o atleta mostrar seu talento e pensar em voos mais altos, já que o skate entrou para a Olimpíada de 2020. “O skate vem crescendo e com a internet a modalidade evoluiu. A Olimpíada é mais um detalhe, é importante e será muito legal, mas vai movimentar uma pequena parte do skate, que abrange um mundo grande, tanto de competição como quem anda porque gosta, porque quer seguir a carreira, quanto até os simpatizantes que nem andam, mas vão lá curtir. O que vai ser legal com a Olimpíada é o mercado do skate, isso vai ajudar bastante com as vendas de produtos ligados ao esporte e podem surgir novos patrocínios. Também acredito que vai mudar a visibilidade na rua, porque o skate sempre sofreu com o preconceito de algumas pessoas”, enfatiza.

Até hoje, o atleta já participou de importantes campeonatos, como o Excelent Mistyc Cup 2015, que foi seu primeiro campeonato fora do Brasil, onde chegou até a fase final e conseguiu a 12ª posição, e no 3º Campeonato da Cidade Tietê, seu primeiro título de campeão como amador, além do primeiro lugar no Maia Champ 15 Anos, em São Paulo.

Atleta desenvolve projeto de vídeo no Rio de Janeiro para produtora independente

O atleta foi para o Rio de Janeiro no dia 18 de abril e irá aproveitar a viagem para gravar os momentos de sua estadia na cidade e divulgar na produtora audiovisual independente Naturalmente Skateboards.

“Eu criei um projeto para fazer um vídeo da viagem e conseguir patrocínio. Nós temos a produtora que é independente, onde criamos um quadro que se chama Naturalmente Viagem. Fazemos vídeos de viagens e pensei em encaixar este quadro com minha ida ao Rio. Vamos fazer o lançamento deste quadro no canal e divulgar nele os nossos patrocinadores”.

Juneka conta que a produtora iniciou com o propósito de fazer filmes sobre o mundo do skate.

“Depois, começamos a filmar festas e tivemos a ideia de ser um canal onde lançaríamos as marcas e os comércios”.

Para a viagem ao Rio de Janeiro, o atleta conta com o apoio da Associação dos Skatistas de Indaiatuba (Askin), Iben Engenharia, Manaem Obras Sociais, Margossian Sementes  e Portão da Cerveja. Além desses, apoiam o atleta a Hordem Skateboard, Vegetal Skateboard, Metallum Trucks, Naturalmente Skateboards, Amanda Finocchio, Terapias Manuais e Restaurante Kare & Gyudon.

Fonte: Tribuna de Indaiá

1ª Semana do Conhecimento da Iben Engenharia

Entre os dias 03 a 07 de abril, a Iben Engenharia realizou sua 1ª Semana do Conhecimento, um evento cujo o objetivo foi estimular seus colaboradores, demonstrando algumas práticas e técnicas em gestão de projetos através de dinâmicas, além de palestras abordando temas como: Flawless Execution, Práticas Tributárias, Estimativas orçamentárias e outras. Diversas atividades foram desenvolvidas durante a semana trabalhando fortemente os valores da empresa que são o AMOR E RESPEITO, EVOLUÇÃO PROFISSIONAL E ORGULHO PELO SUCESSO.

A dinâmica principal foi apresentada por meio de dois projetos: a ESCOLA DOS SONHOS e o RESGATE NA LUA, tratando-se de desafios de gestão de projetos utilizando peças de Lego, capacitando nossos colaboradores que futuramente se tornaram multiplicadores das técnicas em treinamentos com crianças e jovens das Instituições Manaem, Escola Randolfo Moreira Fernandes e no Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Indaiatuba (CAMPI) todas em Indaiatuba/SP. O objetivo principal é transmitir conhecimento de gestão e desenvolver noções de planejamento e realização dos projetos de vida, destacando o trabalho em equipe e a comunicação, além de despertar a curiosidade e motivar o aprendizado.


Uma semana cheia, que começou com uma saudável competição entre equipes, treino funcional e aulas de defesa pessoal, passando por dinâmicas, palestras, treinamentos e teve em seu encerramento uma tarde agradável de confraternização e boa música, vai com certeza entrar para o calendário de eventos da Iben Engenharia como um momento impar de troca de conhecimentos, engajamento e desenvolvimento de nossa equipe.

‘’A realização da semana do conhecimento é muito estimulante, pois podemos aprender e ensinar. Como colaboradora sinto que faço parte de uma grande equipe, onde meus gestores investem na capacitação de cada profissional, promovendo as boas ações internas e externas. Chegando ao final da semana, tenho motivação para buscar oportunidades e enxergo um crescimento profissional e pessoal junto a Iben.’’

emilene

Pamella Lima

Formada em Relações Públicas / Iben Engenharia

PARCERIA DE SUCESSO – IBEN ENGENHARIA E CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO DE PROJETOS, GESTÃO E LIDERANÇA

O PMI Paraná, Brazil Chapter, com o apoio de seu voluntário Rodrigo Pasti de Macena, consolidou uma excelente parceria para o XII Congresso Brasileiro de Gestão, Projetos e Liderança com a Iben Engenharia que utiliza fortemente as boas práticas de gerenciamento de projetos e portfólios, através de seu PMO, nos projetos civis que desenvolvem.

Além disso eles utilizam e comercializam uma ferramenta própria para gerenciamento de portfólios, a PMIBEN. A Iben será Patrocinador Bronze e está representada pelo seu CEO,Eduardo Militão.

ISO 14001: O QUE É? E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA? CERTIFIQUE SUA EMPRESA

Estamos em uma época onde a preocupação com os impactos causados ao meio ambiente se faz presente na gestão de empreendimentos. Desta forma, é necessário que os empreendedores busquem controlar os impactos causados por suas atividades, produtos e serviços em relação ao meio ambiente.

A ABNT NBR ISO 14001 é uma norma reconhecida internacionalmente que consiste em implantar um Sistema de Gestão Ambiental eficaz, que influencie diretamente no processo produtivo de uma organização, ao ponto de trazer melhorias que estejam ligadas à relação empresa e meio ambiente, minimizando assim todos os impactos negativos que seus processos poderiam vir causar.

Para a Certificação é necessário que a empresa passe por algumas etapas, a primeira dela seria a preparação para implementação da Norma. Nesta Etapa a Organização elabora todos os procedimentos executados por sua empresa, verifica toda documentação exigida e adapta todos os seus processos de acordo com cada norma exigida pela ISO 14001.

Esse processo pode ser executado pela própria empresa, caso ela tenha um conhecimento adequado das normas e consiga alinhar a adequação com o tempo que ela tem disponível para término desta etapa ou se contrata uma empresa especializada em fazer essas adequações.

Leia mais (+)

(mais…)